巴西利亞 ─ 使館邀約分享

__寫於 2018/8/31______
受駐巴西代表處的邀請,上週五我又分享了一次自己在大社區的生活與觀點,因著聽眾是外交官為主,我把最具爭議的黑白兩道勢力與危險論題又講得更加清楚。

在日常生活中對話時,一講到貧民窟,我提一句:「其實貧民窟根本不危險…」「其實貧民窟不是這樣…」無論對方是誰,總免不了馬上反駁我,我的一句開頭換來一連串的講道是常有之事。儘管是身邊再親密之人,如果沒能讀懂我寫的瑣事與心情,也就繼續抱持那可憎的偏見。
這在我生活上帶來很大的衝突感。

藉由講座提供的機會與空間,我才發現:「你們乖乖閉嘴聽我說個一小時、聽我說個完整,我就有可能把貧民窟從泥沼般的偏見中拉出,變成一個無奈、悲傷、但也存有快樂與生命力的大社區。
在最近的兩次講座分享之後,我漸漸篤定了這個道理。我必須握有麥克風跟話語權,其他人必須閉嘴;這不是對話討論,而是聽我說故事。

我也漸漸習慣一個轉折的安排,先是提及寶寶們有多純真可愛、我有多疼愛他們,再話鋒一轉,自問他們長大後能不受歧視嗎?甚至能平安長大嗎?
我發現自己在講座時很常迴避眼神,或盯著投影片、或轉著眼球想著下一句話,自顧自地把故事說出口;但到這些過分悲痛的自問句時,我就會突然有力量地認真看進每位觀眾的眼裡,我在自問、也在質問造就這社會的自己與每個他人。

兩場講座的說服成功,讓我更抓清楚論述大社區狀況的口吻與調性。一小時多的分享,在情緒五味雜陳之間,我漸漸有勇氣、有力量地去面對那衝突感。

使館葡語報導內容:
O Canto mais Remoto – Viver na Rocinha do Rio de Janeiro

No dia 24 de agosto deste ano, a estudante de pós-graduação em antropologia social da Universidade de Brasília, Han Hui Tseng, apresentou neste Escritório de Representação, a palestra intitulada: “O Canto mais Remoto – Viver na Rocinha do Rio de Janeiro”, e partilhou a sua experiência sobre os trabalhos voluntários e a vivência na Rocinha.

Na ocasião, o Embaixador Her presidiu a abertura da palestra que contou também com a participação de colegas e convidados.

Han Hui Tseng, mais conhecida por York, é uma blogueira renomada e tem como tema principal, em seus textos, a sociedade brasileira. Devido a sua convivência na favela e trabalho para pesquisa, York tem sua própria visão, diferente do que é divulgada na imprensa, em relação a todos os acontecimentos ligados à Rocinha, o qual prefere chamar de “comunidade” ao invés de favela.

A blogueira York palestrou esse mesmo tema no Centro Cultural deste Escritório, em São Paulo, em julho passado, e levantou várias questões e pontos de vista em relação à favela.

Add a Comment

發佈留言必須填寫的電子郵件地址不會公開。